• 100% naturale

Feito à Mão

O leite da ordenha da tarde é colocado nos depósitos onde ocorre, naturalmente e durante a noite, a separação das natas. Este leite parcialmente desnatado é então colocado em caldeirões de cobre onde é misturado com leite gordo da ordenha da manhã.

Após o aquecimento do leite no caldeirão de cobre, é adicionado o soro natural. Este soro é uma cultura de fermentos lácteos naturais obtida do processo de fabricação de queijo do dia anterior.

Coalho Natural

O coalho de enzimas naturais é então adicionado, fato que permite que o leite coalhe.

O leite coalhado é quebrado em pequenos grânulos com um grande misturador de balão chamado de “spino”.

Isto é seguido de um processo de cozedura, uma fase muito delicada no fabrico do queijo. O calor é cuidadosamente controlado pelo mestre queijeiro para expelir a água dos grânulos. Assim que o calor é desligado, os grânulos vão para o fundo do caldeirão formando uma massa compacta.

A massa de queijo é elevada do fundo do caldeirão e dividida em duas partes.

Cada parte é colocada num molde especial chamado de “fascera” onde é deixado a descansar durante dois a três dias.